COMO FUNCIONA NOSSO PROCESSO DE CONTRATAÇÃO

1 Crie uma conta no site
2 Escolha um curso
3 Realize seu pagamento on-line
Caso tenha alguma dificuldade envie e-mail [email protected] Obrigado!

FALE CONOSCO

Seg. a Sex. 9:00 - 18:00
Tel: (11) 3286-4855
[email protected]

Caixa continua reduzindo exposição a grande empresa

13/07/2020 / Categorias Mercado imobiliário , Economia

(Valor Econômico – Economia – 13/07/2020)

 

Edna Simão 

 

O Registro de Imóveis do Brasil reúne associações estaduais que representam 3.297 unidades de registros de imóveis. O informe é fruto de uma parceria com a Fundação Instituto de Pesquisa Econômicas (Fipe).

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, afirmou que, mesmo ampliando as operações de crédito e prorrogação de prazo de pagamento dos financiamentos, o banco está confortável com o índice Basileia. No primeiro trimestre, esse indicador correspondia a 18,5%, valor acima dos 11% exigidos. “Continuo reduzindo a exposição às grandes empresas. Não estou dando crédito novo”, frisou Guimarães, acrescentando que o foco do banco são as micro e pequenas empresas.

Para mostrar que a instituição tem dinheiro em caixa, Guimarães lembrou que o banco receberá no fim do ano R$ 10 bilhões referentes a joint venture com grupos privados para operação na área de seguros. “Tenho a possibilidade de emitir dívida subordinada”, disse.

Guimarães afirmou que o banco já opera com nível semelhante ao pré-pandemia. Destacou que a Caixa bateu recorde na contratação de crédito consignado e ainda retomou o primeiro lugar no mercado em concessão de financiamento imobiliário com recursos da caderneta de poupança (SBPE).

“Estou muito otimista. Batemos recorde de crédito consignado e no segmento de seguros, prestamista, crédito imobiliário, estamos fazendo o melhor da história. Estou vendo uma retomada [no segundo semestre]. Abril e começo de maio foram um desastre. Agora aqui na Caixa está quase ‘pré-pandemia’. Como nós não temos empréstimos para a grande empresa, talvez a gente volte mais rápido”, afirmou.

Sobre o crédito consignado, a Caixa superou a marca de R$ 520 milhões de contratação no dia 19 de junho. No crédito imobiliário com recursos da poupança, segundo dados da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), a Caixa emprestou R$ 2,669 bilhões em janeiro, o que saltou para R$ 2,353 bilhões em fevereiro, R$ 2,810 bilhões em março, R$ 2,857 bilhões em abril e R$ 3,311 bilhões em maio. Assim, diz Guimarães, a participação da Caixa no total contratado em operações SBPE cresceu de 36,7% em janeiro a 46,4% em maio.

  • Compartilhe




ACESSE SUA ÁREA DO ALUNO

CRIAR CONTA

ESQUECE OS SEUS DETALHES?

TOPO